Por que a cerveja congela e bebidas como a vodca não congelam no freezer?

20180310_012629
Por que a cerveja congela e bebidas como a vodca não congelam no freezer?

Porque a temperatura necessária para fazer a cerveja congelar fica um pouco abaixo dos 20 ºC negativos, a temperatura que um freezer costuma ter. Como isso é possível? Simples: o baixíssimo ponto de congelamento do álcool etílico é de 117 ºC negativos, porém neste caso, a cerveja contém apenas entre 4% e 10% de álcool e essa quantidade não é suficiente para que a bebida suporte o frio do congelador sem acabar congelando.

No caso da Vodca, a bebida possui entre 40% e 55% de álcool e isso é o suficiente para que a temperatura do freezer não consiga congelar tamanha concentração na composição deste produto e devido a isto, você pode esquecer sem problema que ela não vai congelar. 

A MANEIRA CERTA DE TIRAR A CERVEJA DO CONGELADOR

Latas e garrafas encontram-se inertes (não estão em movimento) no congelador, as moléculas da cerveja estão estáveis e não conseguem passar para o estado sólido. O congelamento brusco da cerveja ocorre quando há movimentação dos recipientes, seja pela abertura do congelador que tira as cervejas do lugar ou quando pegamos nas garrafas e latas.

A soma desses fatores — mudança brusca de temperatura, o toque da nossa mão e a movimentação do líquido em sobrerresfriamento — faz com que a cerveja congele e não haja mais salvação.

A melhor forma de evitar isso é retirá-la do congelador sem encostar na lata ou garrafa com a mão aberta, evitando qualquer sacudida que possa agitar as moléculas e fazê-las passar para o estado sólido. Feito isso com sucesso, deixe-a fechada e em cima de alguma superfície, como a pia ou a mesa, até que chegue a uma temperatura acima da de congelamento e esteja pronta para consumo: gelada, mas sem congelar.

UMA ALTERNATIVA AO CONGELADOR

Claro que o congelador ou o freezer são muito mais práticos, mas há uma alternativa que pode ser interessante para quem tem um pouco de disposição, quer gelar a cerveja mais rápido e sem se preocupar em congelar a garrafa.

O processo é conhecido como salmoura, uma técnica de resfriamento que consiste, basicamente, em fazer uma combinação de gelo, sal de cozinha e um pouquinho de álcool. Essa receita mágica consegue manter a temperatura da mistura em 0 grau ou até menos! A salmoura faz com que as bebidas sejam geladas em um tempo bem menor — cerca de 10 a 15 minutos — do que se estivessem em contato direto apenas com o gelo ou dentro do congelador.

Tudo o que você precisa é de um balde ou isopor (ou qualquer outro recipiente com tamanho suficiente para caber suas cervejas), um saco de gelo em escamas, sal de cozinha (refinado ou grosso, tanto faz), e uma tampinha de álcool. Depois, é só colocar as cervejas na salmoura e aguardar. O resultado é cerveja gelada em menos de 20 minutos e sem chance de congelamento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s